Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 15 de abril de 2019

«Escaparate de Utilidades»
Conservas de Peixe Portuguesas

Revista "Panorama", Abril de 1942

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Portugueses na resistência francesa durante a II Guerra Mundial

Pode adquirir o livro AQUI.
Fica hoje disponível nas bancas "A sombra dos heróis", o mais recente livro do jornalista José Manuel Barata-Feyo, que  reúne as histórias nunca contadas de 347 portugueses que lutaram em França contra nazismo.

No total são 320 páginas, editadas com a chancela da editora "Clube do Autor". O jornalista disse recentemente no Porto que ficou apaixonado pelo tema, estando agora a pensar escrever sobre os 905 portugueses que se alistaram no exército francês.


Fica a sinopse oficial:

Em Portugal, até hoje, pouco se sabe sobre os portugueses vítimas dos nazis em França. Mas se assim é em relação às vítimas, a ignorância é absoluta no que respeita às centenas de homens e mulheres que combateram os nazis durante a ocupação do país.

Cidadãos de um país neutro, centenas de portugueses podiam ter-se adaptado às circunstâncias e ao diktat do invasor alemão. Em vez disso deixaram o conforto relativo das suas famílias, das suas casas e dos seus empregos, esqueceram o interesse próprio e lançaram-se num combate desigual pela liberdade.

A Sombra dos Heróis dá vida à história desconhecida destas centenas de homens e mulheres de carne e osso, lutadores de exceção, num relato fascinante sobre a resistência e abnegação humanas.

Boas leituras.


sexta-feira, 5 de abril de 2019

Portugueses forçados a trabalhar pelos nazis são tema em Cascais


A historiadora Cláudia Ninhos vai estar no Espaço Memória do Exílios, em Cascais, no dia 11 de Abril pelas 21.00 horas, para falar sobre os mais recentes dados relacionados com o milhar de portugueses forçados a trabalhar para o regime Nazi durante a II Guerra Mundial.

Ao longo da Segunda Guerra Mundial o regime Nazi deportou milhões de civis estrangeiros, incluindo portugueses, utilizando-os como mão-de-obra escrava. Até hoje foram identificados cerca de um milhar de portugueses forçados a contribuir para o esforço de guerra alemão.

Em discussão vão ser abordadas como a de sabe quem foram estes homens, mulheres e crianças? E as razão, porque sendo portugueses, foram deportados?

Boas

segunda-feira, 25 de março de 2019