Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Monumento aos pescadores que salvaram vidas na II Guerra Mundial

O monumento que homenageia os pescadores que salvaram os aviadores americanos frente a Faro durante a II Guerra Mundial poderá estar a alguns votos de distância.

Jaime Nunes, Manuel Mascarenhas e o filho que salvaram 
em 1943 seis aviadores americanos frente a Faro

Michael Pease, o promotor britânico que há anos tenta avançar com este projecto, candidatou a ideia ao programa de Orçamento Participativo de Portugal na área da cultura e viu as suas pretensões aprovadas. Entre outros iniciativas vai entrar na fase de votação ao público entre Junho e Setembro, e a sua conclusão passará a depender da vontade popular.

Michael Pease vem acarinhando este ideia há anos e já bateu a mil e uma portas para obter financiamento e outros apoios. Para a construção do monumento e outras iniciativas relacionadas está a solicitar um investimento de 120 mil euros.

Pontualmente este britânico residente no Algarve tem pedido a minha colaboração e, dentro das possibilidades tenho ajudado como posso, pouco para a magnitude da ideia. Simpaticamente solicitou também a minha cooperação nesta fase e, obviamente, disponibilizei-me para o efeito. Não entrámos em pormenores e quando - recentemente - acedi ao projecto verifiquei que este prevê, entre outras actividades, a publicação de uma segunda edição - revista e ampliada - do meu "Aterrem em Portuga!", o livro que revelou a história do bombardeiro que se despenhou em Faro e que o levou a acarinhar a ideia do monumento.

Agradeço, fico lisonjeado e disponível para fazer a parte que me compete, mas aconteça o que acontecer entendo que o principal é avançar com a construção do memorial. Não ficaria, no entanto, bem com a minha consciência se não clarificasse esta minha ligação ao projecto...

A partir de 11 de Junho voltarei a dar notícias para revelar como e onde se procederá à votação, algo que neste momento também não sei...

Pode aceder AQUI a todos os detalhes desta iniciativa de Michael Pease...

Carlos Guerreiro

1 comentário:

  1. Eu acho ke a embaichada americana devia de dar uma ajuda nesse sentido uma vez ke os resgatados eram americanos e até os próprios familiares dos mesmos,SR. Carlos Guerreiro, atenção eles eram 3 pescadores, o Jaime, o José Mascarenhas e o filho, Manuel Mascarenhas.

    ResponderEliminar