Pesquisar neste blogue

sábado, 29 de dezembro de 2012

Padre português salvou judeus em Roma

A reportagem foi publicada na última semana no Caderno 2 do jornal Público e revela as actividades do padre Joaquim Carreira que em Roma, como responsável pelo Colégio Pontifício Português, escondeu várias dezenas de pessoas – entre Judeus e outros perseguidos do Nazismo – durante a 2ª Guerra Mundial.

Uma história que está agora a conhecer novos contornos porque parte da documentação começou agora a ver a luz do dia. O jornalista António Marujo entrevistou também uma das pessoas que esteve escondida nas instalações do Colégio Português.


A SIC fez uma reportagem que passou nesse mesmo dia revelando alguns dos documentos e a própria história contada pelo jornalista do Público.

Sem comentários:

Publicar um comentário