Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Romance "O Rei do Volfrâmio"

Terminamos esta semana de livros dedicados ao tema volfrâmio com obra de ficção...

Fica a capa e uma nota sobre o "Rei do Volfrâmio", de Miguel Miranda, e também uma ligação a outro livro, que já foi alvo de atenção neste blogue.

Falamos do romance de Roberto Wilson, "Último acto em Lisboa (ver "Algumas Perguntas a Robert Wilson").

Do "Rei do Volfrâmio" pode ver também um "Book Trailer", uma apresentação em vídeo da obra...







"O Rei do Volfrâmio", 
de Miguel Miranda, 
foi editado 
pela Dom Quixote
em 2008, e 
tem o  
ISBN: 9789722035453 












 

Sinopse:

Na primeira metade do século XX, o mundo foi flagelado por guerras sucessivas, que causaram milhões de mortos, destruição e sofrimento.

Houve também quem prosperasse com o esforço bélico, como os volframistas. Portugal foi um dos principais exportadores de volfrâmio, durante a Guerra Civil de Espanha e a Segunda Guerra Mundial.

O enriquecimento súbito dos volframistas e a sua queda na penúria do pós-guerra são motivo para uma tese de doutoramento do investigador João de Deus.

Mergulhado numa conturbada vida amorosa, investiga o passado de Petrónio Chibante, o Rei do Volfrâmio, explorador da mina Paraíso, em Vilar das Almas.

O passado, convocado de forma estranha pela alma de Serafina Amásio, antes de abandonar o corpo, cruza-se com o presente, revivendo amores e desamores de cada época, no lugar recôndito de Vilar e por esse mundo fora.



O Rei do Volfrâmio é a saga de um país e das suas almas, vivendo de um passado faustoso e iluminado, sem canalizar forças para o futuro.

É uma reflexão sobre a diáspora e as gerações de novos párias.É também uma ode ao amor, nas suas mais diversas e estranhas formas. É ainda uma elegia aos que das fraquezas fizeram forças, em nome da razão.

Boas leituras
Carlos Guerreiro

<----------------------------------------->

Para ler mais sobre 
                       VOLFRÂMIO clique AQUI
                        LIVROS clique AQUI
 

 

Sem comentários:

Publicar um comentário