Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Foi bom voar contigo, Tommy

Partilhámos uma paixão comum: os aviões da II Guerra Mundial.

Existia, no entanto, uma diferença fundamental. Eu andava apenas de cabeça no ar, enquanto ele andou mesmo lá por cima...

Em 1941, aos comandos de um bombardeiro Blenheim (ver AQUI) realizou uma aterragem forçada perto de Aveiro… apenas um detalhe da sua vida.

Piloto de testes durante e no pós-guerra John “Tommy” Thompson voou de tudo e, já com os pés em terra, acompanhava as histórias dos seus aviões nas diversas publicações que fazem dos clássicos o seu tema central.

Foi numa dessas revistas que encontrou um pequeno anúncio: um jornalista português procurava veteranos da RAF que tivessem estado Portugal durante a II Guerra Mundial…

Tommy, foi dos que mais contribuiu para o “Aterrem em Portugal!”… contou-me a sua experiência, mas também pesquisou, procurou e partilhou tudo o que encontrou ao longo de vários anos.

Mais tarde, enquanto escrevia,  tirou-me dúvidas e atou muitas pontas soltas.

Em Novembro de 2008, para o lançamento do trabalho, consegui que regressasse a Portugal (um grande obrigado à editora Gabriela Fernandes).

Mal chegou ao aeroporto de Lisboa foi interpelado por jornalistas do Correio da Manhã. Queriam saber se já tinha visto o livro e o que pensava dele…

 Tommy teve resposta pronta: “Já vi… Não tem palavras cruzadas, nem sexo, por isso não deve ser grande coisa”.

Fomos a Aveiro… O exército abriu-nos simpaticamente as portas da Base de S. Jacinto. Local para onde Tommy tinha sido levado após a aterragem forçada.

Passámos pelo Museu do Ar em Alverca, onde reencontrou um Spitfire que tinha comandando enquanto piloto de testes - tenho algures imagens de vídeo dessa visita, que tenho de procurar.

Apresentou o livro.

Sei que adorou e guardou com muito carinho as asas que a Força Aérea Portuguesa lhe ofereceu... "Nenhum dos meu amigos tem uma destas para colocar no fato".

Ainda houve tempo para um passeio ao Alentejo, onde admirou os sobreiros e foi estrela numa exposição de modelismo… Regressou cansado mas satisfeito.

Por isto ou por aquilo, não voltámos a encontra-nos.

Marcámos encontro em Londres… mas um pequeno acidente de viação impediu-o de aparecer.

José Carias Silva e John "Tommy" Thompson, no Alentejo em 2008, durante a exposição de modelismo.

O ano passado convidou-me para a festa dos seus 90 anos… não pude ir. Como me arrependo.

Dois Spitfires fizeram um voo rasante sobre a sua casa durante a comemoração. Escreveu-me para dizer que... ficara com lágrimas nos olhos.

Só não me disse que já estava doente...

Há algumas semanas enviei-lhe um livro com fotografias da Aviação Naval Portuguesa.Tinha imagens da Base de S. Jacinto e dos aviões Junkers que ele recordava ter visto por lá…

Era uma surpresa. Ele reagia depressa a surpresas, mas, desta vez, nada disse.

Esperei e acabei por me tornar insistente no envio de e-mails.

Finalmente um familiar respondeu-me.

Tommy estava internado nos cuidados paliativos, com cancro, e não ia voltar a casa…

O genro fez uma busca pela casa e encontrou o livro de fotografias, ainda dentro do envelope. Tinha chegado no dia em que foi hospitalizado…

Ainda lhe fiz um último favor, traduzindo a legenda de uma das imagens:

"BRISTOL BLENHEIM IV-F" Aircraft
Bi-engined monoplane, three seater, used in the beginning of WWII as fighter-bomber of coastal atack. British made, 16 were transfered to the Naval Aviation under the British-Portuguese agreement that allowed the use of the Azores base (to the allied). These were the aircraft under naval control that had more firepower..."


Tinha de ser sobre o Blenheim...

Sei que no hospital os livros foram companhia e tema de conversa. O da Aviação Naval e o “Aterrem em Portugal!”.

Eram parte da sua história, das suas memórias, do seu mundo… e um bocadinho do meu.

Na terça feira partiu para o seu último voo…

O filho Roger não deixou de reparar que passavam exactamente115 anos sobre o nascimento da pioneira da aviação Amelia Earhart …

Sempre o mundo dos aviões.

Obrigado por também me teres levado a voar.

“Keep on Flying”, Tommy.

Carlos Guerreiro 

~
<---------------------------------------->

Para ler mais sobre aviação clique AQUI.

Sem comentários:

Publicar um comentário