Pesquisar neste blogue

terça-feira, 10 de julho de 2012

O real e o jogo da ficção

Cerca de meia centena de pessoas compareceram na Livraria Leya na Barata para assistir ao lançamento do mais recente livro de José António Barreiros, “Traição a Salazar”. (Para ler mais sobre o livro clique AQUI)

 Gonçalo M. Tavares e José António Barreiros 

A obra foi apresentada por Gonçalo M. Tavares que comparou o jogo da guerra secreta a um livro de ficção ou a uma luta de judo…


José António Barreiros a assinar um dos seus livros.

O ficcionista tenta construir uma história falsa que seja convincente e leve o outro lado – o inimigo, no caso do espião – a acreditar que é verdade.

O lutador de judo insinua forças e fraquezas para confundir o oponente, com o obejctivo de o levar ao tapete…

A guerra secreta que percorreu as ruas de Lisboa era isto e muito mais, como mostra o livro de José António Barreiros, que tem como pano de fundo o desmantelamento pela Polícia de Vigilância e Defesa do Estado (PVDE) de uma rede britânica de sabotagem...

Boas leituras...
Carlos Guerreiro  
 
<---------------------------------------->  

Para ler mais
                sobre LIVROS clique AQUI
                sobre ESPIONAGEM clique AQUI

Sem comentários:

Publicar um comentário