Pesquisar neste blogue

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Para a agenda de Fevereiro

A exposição sobre as crianças austríacas que no final da 2ª Guerra vieram para Portugal através da Cáritas, vai estar no Espaço Memória dos Exílios, no Estoril, até ao final deste mês.

A mostra, que esteve durante alguns dias no CCB, surge na sequência da assinatura de um Memorando de Entendimento, entre a Cáritas austríaca e portuguesa, para uma campanha de angariação de fundos a favor de crianças de famílias portuguesas carenciadas.

Exposição sobre as crianças  austríacas que vieram no finl da guerra para Portugal está apetente, até ao final do mês, no Espaço Memória dos Exílios, no Estoril. Conheça as inicitivas destes espaço AQUI.

A iniciativa da exposição – que exibe imagens e documentos - partiu da Embaixada da Áustria que desta forma recorda a história de cerca de 5500 crianças do seu país que foram acolhidas no seio de famílias portuguesas, após o final da guerra.

Este assunto foi tema de diversas reportagens nas últimas semanas. Deixo AQUI a do jornal “Público” e AQUI um reportagem realizada pela Antena1, em 2010, onde se falava com dois dos protagonistas…

Também para o Jornal das 8 da TVI, no próximo sábado, está a ser terminada uma reportagem sobre estas crianças da autoria do jornalista José Gabriel Quaresma.

Para além da exposição dedicada às crianças austríacas o espaço Memória dos Exílios apresenta mais algumas iniciativas ao longo deste mês.

No próximo fim-de-semana, dia 9, é tempo de ouvir a historiadora Margarida de Magalhães Ramalho, falar sobre o seu livro “Lisboa. Uma Cidade em Tempo de Guerra”.

Trata-se de uma obra com histórias verídicas sobre um período ímpar da história de Lisboa. A autora aborda temas como os refugiados, as alterações que a presença destes provocou na capital lisboeta, as guerras da propaganda e as teias tecidas pela espionagem internacional. A iniciativa está marcada para as 15.30 horas.

Quinze dias depois, a 22, passam 70 anos sobre o acidente do Yankee Clipper no Rio Tejo (ver AQUI), razão para a realização de várias iniciativas relacionadas com a aviação militar e civil do período da II Guerra Mundial no nosso país.

Por volta das 15 horas realiza-se uma palestra onde se vão debater os planos de defesa aeronáutica de Portugal durante a Segunda Guerra Mundial e também a situação de Lisboa, como uma cidade no centro das principais rotas das companhias aéreas de então.

São esperadas as intervenções do coronel João Jorge Botelho Vieira Borges e de Helena Vasconcelos que vai falar sobre o testemunho de um refugiado.

A seguir as atenções centram-se no acidente que aconteceu no Tejo há setenta anos, com a apresentação do livro “Na Rota do Yankee Clipper” de José Correia Guedes. Para além do livro será possível conhecer o que era viajar nos gigantescos Boeings que asseguravam a ligação entre a Europa e a América.

À noite, por volta das 21 horas, passará o filme “With a song in My Heart”, produzido em 1952 e que retrata a vida da actriz Jane Froman, uma das passageiras do Clipper e que escapou com vida por muito pouco.

Ainda em termos de cinema também o filme Aristides de Sousa mandes passa, durante o mês de Fevereiro, em duas salas distintas. O Centro cultural Olga Cadaval, em Sintra, apresenta a fita no dia 16 e o mesmo acontece hoje em Castelo Branco, no Cineteatro Avenida, onde se realizam diversas sessões incluindo para crianças em idade escolar.

Um bom mês
Carlos Guerreiro

Sem comentários:

Publicar um comentário