Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Guerra reforça ligações entre Gibraltar e Madeira

Já abordámos o tema dos refugiados gibraltinos na Madeira durante a II Guerra Mundial (ver aqui “Guerra levou Gibraltinos para Madeira”), mas o tema continua a merecer destaque com o estreitamento de relações entre as duas comunidades.

 A notícia é do “Diário de Notícias da Madeira”…

Funchal e Gibraltar querem estreitar relações 
As duas cidades, geminadas desde 2009, podem apostar na área cultural, no intercâmbio juvenil e empresarial 

Cerca de 60 cidadãos de Gibraltar, cidade geminada com o Funchal desde 2009, ano do quinto centenário da cidade, estão na Madeira para a Festa da Flor e esta atrde foram recebidos pelo presidente da autarquia. Numa cerimónia realizada no salão nobre da Câmara Municipal, após Miguel Albuquerque receber em audiência o 'Mayor' gibraltino, Anthony Lima, ficou clara a intenção de estreitar as relações entre as duas comunidades.

Depois das palavras de circunstância e da troca de presentes, Miguel Albuquerque, que deixa o cargo em Outubro, explicou que a área cultural pode ser interessante para que as relações possam ser aprimoradas. "Gibraltar é um ponto nevrálgico no Mediterrâneo e tem um potencial muito grande ao nível do turismo de cultura, inclusive têm uma cultura muito interessante e diversificada, com uma história ancestral muito rica", disse.

"Por outro lado, acho que podemos cooperar ao nível da manutenção dos laços afectivos e culturais muito fortes e que se mantém ao nível da geração mais antiga", destacou. "No fundo, o grupo faz parte da comunidade que esteve aqui durante os anos da II Guerra Mundial e que foram muito bem acolhidos na Madeira, houve até grandes casamentos, sobretudo de gibraltinas e famílias madeirenses".

Leia mais desta notícia AQUI
<------------------------------>
Para ler mais sobre a questão dos REFUGIADOS clique AQUI

Sem comentários:

Publicar um comentário