Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Novo site “Portugal 1939-1945”

No dia em que se lembra o fim da II Guerra Mundial – 8 de Maio de 1945 – apresento o meu mais recente projecto: "O Site "Portugal 1939-1945".


Este novo espaço pretende continuar a contar histórias da história do país durante o período da II Guerra Mundial, complementado o blogue “Aterrem em Portugal!”. Para além de material inédito vai também, no futuro, ajudar a organizar algum dos material que tem sido publicado no blogue, até porque sendo bilingue vai permitir levar a nossa história a um público mais alargado.

Por agora o “Portugal 1939-1945” arranca com informações mais de uma centena de aviões de países beligerantes que caíram ou aterram no nosso país e também com dados sobre os salvamentos realizados por navios nacionais durante o mesmo conflito. Neste último caso a listagem refere-se apenas às datas entre 1939 e 1941. Nos próximos meses serão introduzidos dados sobre salvamentos efectuados até 1945..."

Para facilitar o acesso as informações estão divididas por áreas. A área que se refere ao AR está obviamente relacionada com a aviação e a do MAR com os navios. No futuro estão planeados outros espaços de divulgação, que serão falados a seu tempo.

O site conta por agora com presença nas redes sociais Facebook e Twitter, mas aqueles que já seguem o blogue “Aterrem em Portugal!”, não precisam de se associar pois pretendo que exista fluidez entre os dois espaços. A informação relevante tanto de um como do outro irá ser divulgado em todas as plataformas.

Em 2014 criei no blogue uma página chamada “Portugal 39/45”. A construção do site é, em parte, a concretização de parte desses projecto. Demorou muito mais do que eu queria ou alguma vez pensei…

Para a sua concretização agradeço a ajuda e colaboração de várias pessoas. Destaco especialmente o Paulo Rodrigues que no CENJOR, em Outubro de 2017, me deu as primeiras luzes sobre o “Worpress” e criou as fundações sobre as quais ergui o resto. Sinceramente nunca serei um construtor de sites, porque já esqueci quase tudo sobre esses primeiros passos…

Durante o resto do processo e, especialmente, na fase final contei com a ajuda de muito mais gente. Corrigiram textos, deram dicas sobre grafismo, cores etc… Foi uma ajuda essencial para o que hoje está acessível. Peço desculpa por não referir ninguém, mas iria certamente esquecer-me de alguém… Seria uma injustiça. Peço desculpa por não os nomear individualmente, mas agradeço do fundo do coração a todos.

Estão cerca de centena e meia de páginas disponíveis com informação. Façam o favor de aproveitar clicando AQUI

Um abraço.

Carlos Guerreiro

Sem comentários:

Publicar um comentário